Goiás lidera abertura de empresas entre estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste

Números do mês de julho mostram registro de mais de 2,5 mil novos CNPJ's no Estado. Para abrir uma empresa em Goiás, o empresário gasta em média 20 horas e 22 minutos


Foto: Pedro Santos.

Com 2.673 novas empresas registradas em julho, o estado de Goiás liderou o ranking de aberturas de novos CNPJ's entre os estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do País. Os números foram divulgados pelo Governo Federal por meio do Portal da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas (Redesim). Segundo a Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg), os dados são reflexos da retomada econômica em todo território goiano.
 
No saldo do ano, de janeiro a julho de 2022, Goiás soma 19.401 novas empresas. O tempo médio de abertura delas no Estado, em julho, foi de 20 horas e 22 minutos. No mesmo período, 887 CNPJ's abriram suas portas com capital social superior a R$ 500 mil. Goiânia é a cidade que mais atraiu empresas, com 1.092 novas instalações, seguida de Anápolis (153), Aparecida de Goiânia (147), Rio Verde (103) e Luziânia (53).
 
O setor de serviços liderou a criação de novos empreendimentos. Aparece em quatro dos cinco que mais criaram CNPJ's: serviços combinados de escritório e apoio administrativo liderou o ranking (272); preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo (179); comércio varejista de bebidas (172); atividades de consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica (167). Em seguida, na quinta posição, está o ramo de treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial que criou 159 novas empresas em julho.

Construção civil
Segundo o relatório divulgado pela Juceg, a indústria da construção civil continua aquecida no estado. Em julho, surgiram 157 novas empresas do segmento e ocupa a sexta colocação no ranking, em Goiás. O presidente da Juceg, Euclides Barbo Siqueira, destaca que o relatório traz um ótimo indicativo para o Estado. "Isso significa que estamos produzindo. É mais renda para o cidadão e mais postos de trabalho. Tudo isso faz a roda da economia girar", comemora.

Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas

5/recent/post-list