Marconi visita CRA, colhe demandas e relembra legado para administradores

"Como governador, o senhor teve a sensibilidade de contribuir com a valorização da nossa categoria", disse o presidente da entidade, Samuel Albernaz, ao tucano


Foto: Marcelo Oliveira.

Nesta quinta-feira (01/9), o candidato a senador Marconi Perillo (PSDB 456) foi recepcionado pelo presidente do Conselho Regional de Administração de Goiás (CRA-GO), Samuel Albernaz, na sede da entidade para ouvir demandas da área.

"Nós, administradores, temos um agradecimento especial com a valorização que seus governos fizeram pela categoria, como a sanção do Dia do Administrador e as inclusões do administrador na Juceg [Junta Comercial do Estado de Goiás] e no CAT [Conselho Administrativo Tributário]", disse Samuel.

"Como governador, o senhor teve a sensibilidade de contribuir com a valorização da nossa categoria e trabalhou em prol dela. O senhor tem uma visão extraordinária de gestão", acrescentou o presidente do CRA, que foi secretário-executivo da Secretaria de Administração do governo Marconi.

O tucano recordou o período em que teve a ajuda de Samuel. "Posso dizer, aqui na casa do administrador, que vocês têm um DNA muito forte na criação de um dos programas mais relevantes da história de Goiás, que foi o Vapt Vupt. O Samuel, como gestor que era da pasta, foi o responsável por conhecer os projetos de São Paulo e Bahia para implantarmos o primeiro aqui."

"Se tem uma coisa que vocês podem se orgulhar e bater no peito é que um administrador ajudou a criar um programa revolucionário no atendimento ao público", complementou Marconi, que, caso seja eleito senador, se colocou à disposição para ser um "embaixador" do segmento no Congresso Nacional.

Entre as demandas discutidas, estiveram a aprovação do PLS 439/2015, que está travado e delimita o exercício de atividades no campo da Administração, além do piso salarial para administradores e inclusão de profissionais da área nas prefeituras.

Também marcaram presença na reunião o vice-diretor de Administração e Finanças, Wellington Araújo; a superintendente geral do Conselho, Juliana Assis; o diretor jurídico, Getúlio de Castro; as conselheiras Karla Malaquias e Kênya Coutinho; o ex-superintendente Rafael Madrado; e os administradores Cleidson Macedo, Deyvid Denis, Emídio, Flávia Silveira, Marcos Silva, Regina Beatriz, Ricardo Bento, Rodolfo Montenegro e Taine Barbosa.

Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas

5/recent/post-list